História


A APE - Associação dos Pupilos do Exército foi fundada por um grupo de antigos alunos do Instituto dos Pupilos do Exército a 1 de Junho de 1932 - ainda sob a designação de Grémio dos Pupilos do Exército - tendo como primeiro Presidente da Direcção JOSÉ CRUZ BARROSO JUNIOR (19120003), que em 1920/21 tinha sido o 2º Comandante de Batalhão (então ainda designado Comandante do Corpo de Alunos), com a finalidade de promover acções de solidariedade entre si e fomentar actividades culturais e desportivas.

A sua sede teve sucessivas localizações, sempre em Lisboa, como segue: 1932 - Rua dos Sapateiros, 128 - 2º; 1934 – Rua de S. Pedro de Alcântara, 45 – 1º Esq.º; 1937 – Rua Fernandes Tomás, 20 – 1º; 1939 – Rua Jardim do Regedor, 5º - 4º; 1941 – Rua da Misericórdia, 20 – 3º Esq.º; 1989 – Rua Major Neutel de Abreu, 20 – s/Loja Esq.º

Ao longo de mais de oitenta anos de existência, muito tem feito a APE, destacando-se: atribuição de Bolsas de Estudo a associados estudantes; promoção da prática desportiva, tendo mobilizado várias centenas de jovens em diversas modalidades; publicação periódica do Boletim da APE, desde 1943, órgão informativo do associado; realização de exposições de arte, festas, colóquios e serões culturais; realização de festas de Natal para os filhos dos associados.

A APE adoptou, desde a sua fundação, o lema do IPE – Instituto dos Pupilos do Exército: QUERER É PODER!


Letra:

Filhos de Portugal, saudemos a alvorada
Que desponta abençoando a nossa Pátria querida.
E se por um traidor a virmos atacada
Desprezemos por ela a nossa própria vida
Desprezemos por ela nossa própria vida
Ao estudo e ao trabalho producente
Dediquemos com alma e com prazer
Toda a nossa atenção alegremente
Saibamos o Instituto enobrecer.
Esta casa é tão bela e tão ridente
Que tem por lema seu:
Querer é Poder! Querer é Poder!

Música: Costa Brás
Letra: Abílio Quadros
Coro e instrumental dirigidos pelo maestro: Dr. Raúl Miranda



Letra:

Filhos de Portugal, saudemos a alvorada
Que desponta abençoando a nossa Pátria querida.
E se por um traidor a virmos atacada
Desprezemos por ela a nossa própria vida
Desprezemos por ela nossa própria vida
Ao estudo e ao trabalho producente
Dediquemos com alma e com prazer
Toda a nossa atenção alegremente
Saibamos o Instituto enobrecer.
Esta casa é tão bela e tão ridente
Que tem por lema seu:
Querer é Poder! Querer é Poder!

Música: Costa Brás
Letra: Abílio Quadros
Coro e instrumental dirigidos pelo maestro: Dr. Raúl Miranda



Letra:

PILÃO NOSSA CASA
TÃO RICA DE TRADIÇÃO
É BELA E RIDENTE
E ASSIM CONTINUARÁ!

PILÃO NOSSA CASA
TÃO RICA DE TRADIÇÃO
É BELA E RIDENTE
E ASSIM CONTINUARÁ!

NOSSAS VOZES GRITARÃO!
QUEREMOS IR MAIS ALÉM
AO SOM DESTA EMOÇÃO SE CANTARÁ

PILÃO UNIDO
PILÃO MAIS FORTE
PILÃO P’RA SEMPRE NUM FUTURO
SEMPRE MELHOR

JOVEM NESTA CASA ENTREI, PILÃO
NELA CRESCENDO APRENDI, PILÃO
RECORDAÇÃO PERDURARÁ, PILÃO
SEU GRANDE LEMA EU VIVI: QUERER É PODER!

APRENDENDO PARA O FUTURO
GRANDE ESFORÇO LHE DEDICAMOS
DESTA CASA TEMOS ORGULHO
AO SOM DESTA EMOÇÃO SE CANTARÁ!

PILÃO UNIDO
PILÃO MAIS FORTE
PILÃO P’RA SEMPRE
NUM FUTURO SEMPRE MELHOR...

Música: Eric Levi
Arranjo: J.M. Nogueira
Letra: Dr. Marília Gama/J.M. Nogueira

X